ORIENTAÇÕES PARA AJUDA E PARA DENÚNCIA

Se você sofreu alguma agressão ou discriminação nas dependências da Universidade de São Paulo ou em eventos e locais relacionados à comunidade universitária (jogos, festas, congressos, trabalhos de campo, repúblicas etc.), veja abaixo as possibilidades para solicitar ajuda médica e/ou psicológica e para denunciar a(s) ocorrência(s).

Onde buscar ajuda médica e/ou psicológica e pedir orientações:

Fonte: Manual do Calouro, 2017. Disponível em http://www.usp.br/manualdocalouro/?page_id=2752

 

IMPORTANTE: em caso de violência sexual procure imediatamente um serviço de saúde para receber a profilaxia de emergência (até 72 horas após o episódio) ou outros tratamentos.

 

DENÚNCIAS – Você poderá solicitar providências em duas instâncias:

Instância interna: No âmbito interno as denúncias podem ser apresentadas junto à Comissão/Núcleo de Direitos Humanos ou à Direção da sua Unidade, à Ouvidoria da USP ou à Comissão de Direitos Humanos da USP.  As denúncias encaminhadas a esses órgãos são tratadas de forma sigilosa.  Após as apurações poderão ser aplicadas medidas de caráter disciplinar e administrativo.

Instância externa: Para fazer uma denúncia criminal você deve procurar a Delegacia de Defesa da Mulher ou a Delegacia de Polícia mais próxima do local de sua residência para registrar o boletim de ocorrência policial para posterior seguimento judicial do caso.

 

Se você é mulher e sofreu alguma das formas de violência doméstica, familiar ou por parceiro afetivo você também poderá solicitar as Medidas Protetivas de Urgência previstas na Lei 11340/2006 (Lei Maria da Penha).